Últimos textos

Eventos

28 Mar 2024

"Leitura e Viagem" na Escola Secundária de Lousada

Foi tão bom ter estado na Escola Secundária de Lousada, no início da Semana da Leitura, a convite da Professora Conceição e dos seu maravilhoso projeto: "A voz que damos aos livros". Uma plateia fantástica com mais de duas centenas de alunos, interessados, participativos. Bem hajam!

Publicações

23 Mar 2024

Tempestade ainda — as vozes sombrias do passado projectadas no presente

texto sobre a peça de teatro "Tempestade ainda", baseada num conto de peter Handke e representada no Teatro Aberto.

Publicações

23 Mar 2024

'Da crise da narração à tirania do vazio'

Reflexão, partindo do livro de Byung Chul Han, sobre a crise da narração e as suas consequências

Críticas

23 Mar 2024

Palavras nómadas de Dora Gago, por Conceição Brandão

Texto de Conceição Brandão sobre Palavras nómadas publicado no jornal o Louzadense

Eventos

23 Mar 2024

Palavras nómadas no programa "A culpa é das estrelas"

Leitura de uma crónica minha de Palavras nómadas por Jorge Cravo no programa "A culpa é das estrelas" na radio Terra Nova. Para ouvir no link.

Publicações

25 Fev 2024

Homem do leme

'(…) Quando ouvimos a mesma canção, há essa centelha de esperança, mesmo que a vontade de ir, de partir não se desenhe no horizonte, que o futuro seja um oceano a conquista. (…) ' in Ciberdúvidas da Língua Portuguesa, https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/artigos/rubricas/ensino/o-homem-do-leme/5442 [consultado em 25-02-2024]

Eventos

17 Fev 2024

Leitura de "A chegada" de Floriram por engano as rosas bravas, no programa "A culpa é das estrelas"

Esta semana, tivemos o primeiro dos dois episódios que estamos a dedicar ao Novo Ano Chinês, o Ano do Dragão. Jorge Cravo, Radio Terranova

Críticas

17 Fev 2024

Recensão sobre Palavras Nómadas

Publicações

17 Fev 2024

Uma luz em tempo de trevas

'Acima de tudo, urgiria revelar-lhes um segredo: há uma arte que constrói mundos paralelos ao nosso, permitindo entender a realidade ou até fugir dela, enraizada naquilo que de mais profundo habita a natureza, a alma humana. Através dela, conhecemos mundos, vidas edificadas desde o início dos séculos, a cruzar culturas e civilizações, desvendando esculturas de nevoeiro. Liberta-nos dos mais diversos espaços de tédio, de confinamento, de aborrecimento, a começar e a acabar nas garras do quotidiano, nas salas de espera de consultórios, hospitais ... O seu nome é Literatura. E ler, como referiu Proust, é «acender um milagre profundo, em tempos de trevas, onde a luz nunca foi tão necessária».' in Ciberdúvidas da Língua Portuguesa, https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/artigos/rubricas/idioma/uma-luz-em-tempo-de-trevas/5424# [consultado em 17-02-2024]

Publicações

13 Fev 2024

40 anos de escritas

“Uma estrela espera-te desde toda a eternidade. Procura-a. E vê se não a perdes depois para durante a vida inteira, se acaso é possível encontrá-la.”  Vergílio Ferreira, Escrever No dia 12 de Fevereiro de 1984, comecei a escrever. Entrei, então, num estranho reino encantado, erguido pelos tijolos da palavra. Um mundo além do mundo onde detinha poderes de deusa: criava gente, tecia, destecia-lhes vidas como se nos meus dedos se concentrassem os poderes de todas as parcas. Destinos que podia comandar, fazer, desfazer. Ninguém me impediria de trilhar os caminhos que bem entendesse. Inaugurava, sem saber, um território de total, absoluta liberdade, protegido do quotidiano, ancorado além de todas as dores que enformam os dias. (Excerto adaptado de "Ainda em Laos: sob a estrela da palavra" de Palavras nómadas.

Prémios

28 Jan 2024

Prémio Juventude 2004, área de Letras

Prémio atribuído pela Câmara Municipal de São Brás de Alportel, 2004

Prémios

28 Jan 2024

Prémio Literário Hernâni Cidade, 2o prémio de conto, 2009

segundo lugar no Prémio literário Hernâni Cidade, conto, atribuído pela Câmara Municipal do Redondo

Publicações

27 Jan 2024

Do verbo aziar ao nécessaire

Reflexão acerca da da falta de leitura e de vocabulário

Prémios

23 Jan 2024

Menção honrosa no prémio de ensaio Miguel Torga para professores

Publicações

23 Jan 2024

A crónica "Londres ou o outro lado do espelho" lida por Paula Pina e Ana Gonçalves, no programa "Palavras de bolso" da Antena 2.

Críticas

15 Jan 2024

Recensão de Palavras Nómadas na Revista Colóquio Letras n. 215, jan 2024, pelo Prof. Álvaro Manuel Machado

Críticas

15 Jan 2024

Palavras nómadas de Dora Gago no Repórter Sombra, por Olinda P. Gil

Publicações

11 Jan 2024

Leitura: lentes para ver o mundo

Críticas

11 Jan 2024

Recensão crítica de Sílvia Quinteiro (Universidade do Algarve), publicada na Revista académica Limite, Universidade da Extremadura, Espanha

"De facto, este é um livro singular, com textos irrepetíveis e que só podia ter saído de uma mão, ou se preferirmos, de uma mãe: de uma viajante encantada com os destinos, com os mistérios que estes lhes reservam, com a descoberta; de alguém que encara com enorme humor os pequenos e grandes incidentes da viagem. Porém, a mão que escreve este livro é também condicionada pelo facto de ser o de alguém com um olhar informado e analítico. O olhar de uma professora e investigadora rigorosa na área da Literatura Comparada, que transparece a cada momento na forma como se posiciona perante o Outro e como estabelece conexões, nomeadamente entre textos, autores, personagens e factos históricos." (Sílvia Quinteiro)

Publicações

15 Dez 2023

Os rostos de Nélida, no Jornal de Letras de 13 de Dezembro de 2023

Publicações

15 Dez 2023

'Das famílias e dos parentescos'

Crónica publicada no Algarve informativo e, posteriormente no Ciberdúvidas

Eventos

15 Dez 2023

Participação no encontro "Il tempo delle donne", na Universidade Ca Foscari, em Veneza, que contou com a leitura da tradução italiana (feita pela Prof. Dra. Vanessa Castagna) da minha crónica "o marido imaginario" de Palavras nómadas.

Fotos do cartaz , da sessão e de Veneza

Críticas

15 Dez 2023

Palavras nómadas no blogue errosmeusmafortunamorardente

Uma leitura de Palavras Nómadas por Joaquim Margarido: "Chegamos ao fim de “Palavras Nómadas” com a sensação de termos feito uma longa viagem. Exploratória, diversa, distinta, de abertura a novos lugares, a novas ideias, a novas formas de estar e ver o mundo. Feita por interposta pessoa, uma viagem que nos convida a vestir a pele da escritora, a abraçar o risco do desconhecido, a partir à aventura. De Montevideu a Londres, de Pequim a Varanasi, com âncora mais ou menos fixa em Macau, iremos perceber que são ilimitados os tons que cobrem esta nossa “bola colorida” e que é muito mais o que nos une que aquilo que nos separa. Conjunto de cinquenta crónicas, com um belíssimo prefácio de Onésimo Teotónio Almeida e uma nota final redigida pela autora, “Palavras Nómadas” faz-se de “mochila da memória” às costas, num assumir a deriva como forma de reconhecimento, reaprendizagem e readaptação a um mundo que pula e avança, que teima em escapar-nos. “Isto porque, inevitavelmente, os lugares mudam e nós também”. (...) Ler “Palavras Nómadas” é debruçar um olhar sobre nós próprios, tão carregado está o livro de memórias que reconhecemos como nossas, tantas as emoções convocadas, nas quais nos revemos e que abraçamos de forma particular." (...) É Macau, com todos os mundos dentro do seu mundo. Mundos que Dora Nunes Gago tão bem sabe esculpir no mármore das palavras, tratando o improvável com ironia e carregando de humor a sua escrita (veja-se o que podemos sugerir a uma canção dos Xutos e Pontapés). Ao mesmo tempo, no meio de tanta azáfama, é capaz de se deitar furtivamente na relva, por companhia Haruki Murakami e o seu “Auto-retrato do Escritor Enquanto Corredor de Fundo”. E quem diz Murakami, diz Orhan Pamuk ou Emily Dickinson, Garcia Marquez ou H. P. Lovecraft, V. S. Naipul ou Maria Ondina Braga, Camilo Pessanha ou Lídia Jorge. As boas companhias - leia-se, “os seus escritores de culto” - no mesmo plano do “Outro”, assim mesmo, com inicial maiúscula, o mesmo Outro que vem provar o quanto a cartografia do nosso mundo é desenhada pelo mapa dos afectos.

Críticas

29 Set 2023

PALAVRAS NÓMADAS, DE DORA NUNES GAGO A vida nos interstícios da literatura e das viagens, por Sandra Sousa (Universidade da Florida Central, EUA)

"São crónicas que nos levam pelos trilhos da vida e nos obrigam a parar e reflectir sobre a direcção das nossas decisões no mundo em que vivemos, tanto a nível pessoal como global. Palavras nómadas é igualmente um livro de memórias— porventura poderíamos criar um novo género, o da “crónicamemória” ou “cromemória”—como se anuncia logo na crónica de abertura “Voo para um novo tempo”; esse tempo em que se pode demarcar o início de uma travessia de duas décadas de deambulações pelo mundo, a viagem para Montevideu onde se encontrava à sua espera o futuro, uma carreira de professora-mundo." Sandra Sousa

Críticas

29 Set 2023

“Palavras Nómadas” | Dora Gago

"Uma viajante que, dotada de um poder de observação ao bom estilo de uma super-heroína, transporta os seus livros e autores preferidos para diferentes coordenadas geográficas, criando pelo caminho uma autobiografia literária, pessoal e solitária que atravessa os tempos de pandemia – e que é, também, um retrato social e cultural capaz de construir pontes com territórios distantes." Pedro Miguel Silva

Entrevistas

29 Set 2023

Floriram por engano as rosas bravas, de Dora Nunes Gago. Entrevista feita pelo Prof. Ricardo Pedrosa Alves, no projeto "Outro livro".

Críticas

3 Set 2023

A vida que se escreve -opinião de um leitor, o prof. José Campinho

"Este livrinho (o diminutivo é aqui usado apenas porque o livro faz parte da coleção 12catorze da Húmus, um formato realmente ‘de bolso’) mostra como a nossa vida, no caso a vida da autora, se enriquece nas vivências com a diferença e a diversidade cultural. A nossa identidade integra necessariamente os sítios e as pessoas que frequentamos; Lídia Jorge, que é algarvia como Dora Gago, diz no fim do seu último romance («Misericórdia«) que somos como as cebolas, com camadas de folhas/vidas sobrepostas. "

Eventos

19 Ago 2023

Apresentação de Palavras Nómadas pela escritora Lídia Jorge, no dia 26 de Setembro de 2023, 18h30, na Livraria Almedina do Saldanha

Apresentação de Palavras Nómadas pela premiadíssima escritora Lídia Jorge. Leituras por Fernanda Mota Alves, Fernanda Gil Costa, Maria João Cantinho e Maria Antónia Espadinha.

Publicações

19 Ago 2023

Da arte do desporto (algarveinformativo.blogspot.com)

Crónica no Algarve Informativo de dia 8 de Agosto

Publicações

8 Ago 2023

Nas garras do quotidiano

Entrevistas

7 Ago 2023

Dora Gago: “A escrita e a leitura são também formas de viajar”

Entrevista dada à revista onine Novos Livros sobre Palavras nómadas

Críticas

7 Ago 2023

Férias na companhia de Palavras nómadas

Texto de Elsa Ligeiro a recomendar a leitura de Palavras nómadas

Publicações

4 Jul 2023

'Os anjos não morrem e tu morreste duas vezes'

Publicações

4 Jul 2023

Com Alma D’ Hybris de Maria Sarmento -entre Porto Campanhã e Vila Nova da Baronia

Publicações

4 Jul 2023

Rumo a Kotor com o «Caderno de Memórias Coloniais» de Isabela Figueiredo

Publicações

4 Jul 2023

Em Amesterdão, na ronda da noite, Jornal de Letras, 28 de Junho de 2023

Críticas

4 Jul 2023

Palavras nómadas

Eventos

22 Jun 2023

LITERATURA E GEOGRAFIAS COM DORA GAGO, FERNANDO ÉVORA E NAPOLEÃO MIRA À CONVERSA COM MARCO CÂNDIDO

Sessão na feira do Livro de Beja, no dia 23 de Junho, às 18h40, na Biblioteca José Saramago

Críticas

16 Jun 2023

A viagem de três Mulheres

Artigo no Jornal Económico sobre a escrita no feminino, os desafios e preconceitos encontrados pelas autoras. Foram escolhidos três livros para demonstrar a uiversalidade da escrita, entre eles, Palavras nómadas.

Eventos

6 Jun 2023

Apresentação de Palavras nómadas por Arlinda Mártires, com momento musical com Ana Rita Santos, na Biblioteca Municipal Luís Vaz de Camões em Alvito, dia 17 de Junho, às 16h.

Eventos

6 Jun 2023

De Dubrovnick a Amesterdão, pelo fundo da agulha

Eventos

29 Mai 2023

Apresentação de palavras nómadas na FNAC do GaiaShoping, 4 de junho, às 17h.

Eventos

29 Mai 2023

apresentação de Palavras nómadas na FNAC do MarShopping, Matosinhos, no dia 3 de Junho de 2023, às 17h.

Entrevistas

10 Mai 2023

Entrevista à Rádio Cairo, Dia da Língua Portuguesa

Entrevista dada à Rádio Cairo em 2022 e divulgada em Maio de 2023

category

10 Mai 2023

Dos livros e da liberdade, no JL, 3 de Maio de 2023

Eventos

10 Mai 2023

Macau na obra de Eugénio de Andrade e Maria Ondina Braga, sessão para os alunos da IES Anton Alonso Rios, Tomino, Galiza, 28 de Abril de 2023

Sessão com os alunos

Eventos

10 Mai 2023

Apresentação do livro Palavras Nómadas em conversa viageira com Maria da Graça Ventura e João Ventura, 12 de Maio, 21h30, Clube União, em Portimão

Críticas

10 Mai 2023

A sombra da Literatura ou a lente dupla do olhar do sujeito viajante de Maria Sarmento

Texto de Maria Sarmento sobre Palavras nómadas, publicado na Revista Caliban

Eventos

10 Mai 2023

Fotos da apresentação de Palavras nómadas na ASSP em Évora

apresentação de Maria Sarmento e leituras de Manuela Oliveira, Alexandre Rodrigues, Maria do Céu Costa, Maria Manuela Soares, Isabel Fernandes, Maria de Lourdes Mateus, Rosário Gonzaga, Maria Isaura Rodrigues

Eventos

30 Abr 2023

Apresentação de palavras nómadas em Évora, 5 de Maio de 2023, 18h na ASSP.

Eventos

30 Abr 2023

Périplo pela Galiza

Apresentações na Galiza

Eventos

30 Abr 2023

Ler e Escrever a Ásia em português

Apresentação da comunicação intitulada "Da poetização do quotidiano ao exílio: ecos de Po-Chu I (ou Bay Juyi) em Maria Ondina Braga"

Críticas

19 Abr 2023

Dora Gago: os nós que nos atam à realidade da vida

Crítica e sugestão de leitura do jornalista Sérgio Almeida, publicada no Jornal de Notícias

Prémios

16 Abr 2023

Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca

Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca, 2006

Eventos

16 Abr 2023

Dia 22 de Abril de 2023, apresentação de Palavras nómadas em São Brás de Alportel, pela Professora Doutora Sílvia Quinteiro, da Universidade do Algarve

Apresentação do livro de crónicas Palavras nómadas na Biblioteca de São Brás de Alportel

Críticas

16 Abr 2023

TRAVESSIAS, Contos Migratórios

Texto da investigadora Geni Mendes de Brito sobre Travessias

Críticas

13 Abr 2023

Artigo de Paulo Cavaco e Rosa Maria Sequeira sobre Travessias, publicado na Forma Breve da Universidade de Aveiro

Publicações

8 Abr 2023

Em Amherst, no universo de Emily Dickinson (de palavras nómadas) publicada no Jornal de Letras

Publicações

31 Mar 2023

O último verso de pedra-sabão

Publicações

31 Mar 2023

Notas de leitura de Morrer na luz de Conceição Brandão

Críticas

31 Mar 2023

A matéria dos sonhos de Dora Nunes Gago

Texto de Arlinda Mártires sobre A Matéria dos Sonhos

Críticas

31 Mar 2023

Travessias, contos migratórios, por Sandra Sousa

Texto publicado por Sandra Sousa em CLEPUL em Revista, nº 4, Junho de 2015

Entrevistas

31 Mar 2023

Uma são-brasense por terras de Macau

Entrevista realizada no âmbito dos Sambrasenses no mundo, Câmara Municipal de São Br+as de Alportel

Eventos

23 Mar 2023

Palavras nómadas na FNAC de Aveiro, com apresentação de Paulo Pereira (Universidade de Aveiro).24 de Março, 18h30.

Apresentação feita pelo Professor Paulo Pereira (Universidade de Aveiro)

Eventos

23 Mar 2023

Encontro com os alunos do Ensino Secundário na Escola Secundária Públia Hortênsia de Castro de Vila Viçosa

Encontro com os alunos do Ensino Secundário , no âmbito da Semana da Leitura. Conversa sobre leituras, escrita, palavras nómadas, a vida...

Entrevistas

18 Mar 2023

Entrevista ao Jornal O Sambrasense

Entrevista dada a Isa Vicente para o jornal O Sambrasense

Críticas

14 Mar 2023

Um caudal de histórias na cidade da inscontância

Eventos

14 Mar 2023

Apresentação de Floriram por engano as rosas bravas na Feira do Livro de Braga, 5 de Julho de 2022

Apresentação na Feira do Livro de Braga pelo Prof. Cândido Oliveira Martins

Traduções

7 Mar 2023

3 short stories by Dora Nunes Gago, translated by Vanessa Boutefeu from the book Floriram por engano as rosas bravas

Entrevistas

6 Mar 2023

Livro de contos de Dora Gago tem inspiração macaense e asiática

Entrevista dada à jornalista Catarina Pereira, Tribuna de Macau, 6 de Março de 2022.

Entrevistas

6 Mar 2023

Livro da semana: “Floriram por engano as rosas bravas” de Dora Nunes Gago

Entrevista dada ao escritor Nuno Gomes Garcia, Rádio Alfa, Paris, Novembro de 2022

Entrevistas

6 Mar 2023

Ver, sentir e apreender mundos culturais muito diversos do nosso

Entrevista dada à revista Novos Livros sobre Floriram por engano as rosas bravas

Entrevistas

6 Mar 2023

“Quero acreditar que o mais marcante esteja para vir”

Entrevista dada a Luís Miguel Ricardo, Jornal Diário do Alentejo, 15 de Abril de 2021

Entrevistas

6 Mar 2023

As duas faces de uma autora

Entrevista dada à jornalista Cláudia Aranda, do jornal Ponto Final, em Janeiro de 2014

Entrevistas

6 Mar 2023

“Travessias” pelas vivências no exterior

Entrevista dada à jornalista Inês Almeida (Tribuna de Macau), em Maio de 2015, sobre o livro Travessias, contos migratórios.

Entrevistas

6 Mar 2023

Oásis no meio do cimento” nas palavras de Dora Nunes Gago

Entrevista dada à jornalista Inês Almeida, do jornal Tribuna de Macau, em Outubro de 2015, sobre o livro de poemas A Matéria dos Sonhos.

Entrevistas

6 Mar 2023

Dora Nunes Gago, autora: “Gostava que o leitor encontrasse esperança”

Entrevista dada à jornalista Andreia Silva sobre Floriram por engano as rosas bravas

Eventos

6 Mar 2023

Uma cartografia do olhar: exílios, imagens do estrangeiro e intertextualidades, numa perspectiva académica e criativa (com o Prof. Cândido Oliveira Martins), Fundação Calouste Gulbenkian de Paris (via zoom)

Diálogo/palestra sobre as obras Uma cartografia do olhar e Floriram por engano as rosas bravas. Pode ser visualizado em: https://www.youtube.com/watch?v=zaeVQ603ZeM

Entrevistas

5 Mar 2023

Dora Nunes Gago: "Em Macau as raízes tornam-se flutuantes"

Autor da semana: entrevista dada ao jornalista Sérgio Almeida do JN, Jornal de Notícias

Entrevistas

3 Mar 2023

Dora Nunes Gago, autora de “Palavras Nómadas”: Macau, “palco de constantes surpresas”

Entrevista feita por Andreia Silva sobre Palavras Nómadas